segunda-feira, 14 de novembro de 2011

'CBF sabotou Pan porque Globo não transmitiu', diz Romário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...Texto publicado em: FNDC

11/11/2011 |
Redação
Sul 21
Foto: Internet

Durante evento nesta sexta-feira (11), ao lado dos santistas Neymar e Pepe, o deputado federal e ex-atacante Romário (PSB-RJ) voltou a disparar contra Pelé e o presidente da CBF, Ricardo Teixeira. Segundo o deputado, a CBF sabotou o Pan-Americano de Guadalajara, no México, porque a Record, e não a Globo, teve todos os direitos de transmissão. “É impossível uma seleção brasileira levar quatro ou cinco jogadores que nunca vestiram as camisas titulares em seus próprios times”, acusou.

“A Globo não foi e acabou indo a Record”, explicou Romário, vinculando a suposta sabotagem a negócios empresariais. “É sacanagem com o povo brasileiro”. Em seguida, retificou. “A Globo, na realidade, não tem nada com isso, foi o presidente da CBF que resolveu não dar atenção ao esporte”.

Em outro momento, o ex-jogador voltou a atacar Ricardo Teixeira, quando lhe perguntaram sobre o futuro do cartola. “Tem que perguntar à Polícia Federal”, ironizou.

Romário tem questionado Teixeira sobre corrupção no futebol. O mandatário da entidade máxima do futebol brasileiro foi alvo, em maio deste ano, de denúncias feitas pelo jornalista inglês Andrew Jennings. Romário lembrou o caso de 2002, quando disse que o presidente da CBF apertou sua mão garantindo sua convocação (que depois não aconteceu) e disse que sua ação agressiva no congresso não tem a ver com isso. E fez uma insinuação pesada sobre Pelé.

“Eu não guardo mágoas porque não sou babaca. Sou deputado federal e tinha de fazer o meu papel. O Pelé tinha de se candidatar para conhecer de regra. E tem de calar a boca”, disparou. “Tinha prometido não falar mais de Pelé. Ele fala tanta m…! Pelé não tem p… de consciência do que está acontecendo no País”, atacou. “Sou deputado federal e vou fazer meu papel. Não levo nenhum da CBF, talvez ele leve”. Para o ídolo, ainda está “valendo” a antiga frase: “Pelé, calado, é um poeta”.

O desabafo foi um dos poucos momentos de tensão da coletiva, marcada pelas várias piadas de Romário, que brincou sobre sua fama de marrento, as pensões que paga para ex-mulheres e até sobre desafetos, como o ex-técnico Zagallo. O deputado federal, no entanto, prometeu mais problemas no caminho de Ricardo Teixeira ao responder sobre Andrew Jennings, jornalista da BBC que denunciou o cartola recentemente.

“Eu penso que ele é um dos maiores jornalistas da atualidade, porque ele consegue descobrir o que os outros não conseguem. E se preparem que domingo vem mais, sobre os ingressos da copa de 2014”, disse o ex-atacante.

O deputado tem sido uma pedra no sapato dos dirigentes responsáveis pela organização da Copa de 2014. Em audiência recente, em Brasília, Romário perguntou a Ricardo Teixeira se ele renunciaria caso fosse provada sua participação em esquema de propina da extinta empresa de marketing ISL. O ex-atacante também dirigiu provocações a Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa. Ambos retribuíram com silêncio.

Com informações do Uol, G1 e Terra

0 comentários: