quarta-feira, 7 de julho de 2010

Serra inscreve-se no TSE como “economista”. Cadê o diploma dele ?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...Texto publicado em: Conversa Afiada

Título original: Serra inscreve-se no TSE como "economista". Ministra Cureau: cadê o diploma dele?

Segundo a Folha (*), na pág. A4, José Serra protocolou no Tribunal Superior Eleitoral, sob o número 18.245/2010, o registro de sua candidatura a Presidente.

A certa altura, ele jura que tem educação superior completa e é economista.

O Conversa Afiada sugere que a Ministra Sandra Cureau, procuradora do Tribunal Superior Eleitoral, examine essa inscrição com o zelo e o rigor que a caracterizam.

O Serra, prezada Ministra, não tem diploma.

De economista ou de engenheiro, outra profissão que ele, em outra candidatura, alegou exercer.

Ele pode até ter estudado economia e engenharia na Bolívia, no Chile, nos Estados Unidos, no Uzbequistão ou na PiGolândia (onde ele é soberano e quase rei).

Mas, não detém um diploma que o credencie a exercer essas profissões no Brasil.

E muito menos a dizer que é “engenheiro” ou “economista”.

Ele se inscreveu em nome da coligação “O Brasil pode Mais”.

O Brasil, de fato, pode mais.

Muito mais.

No Brasil se pode tudo.

O Gilmar Dantas (**), por exemplo, governou o Brasil por dois anos, deu dois HCs em 48 horas a passador de bola apanhado no ato de passar bola, e agora jogou o “ficha limpa” na lata do lixo.

No Brasil tudo é possível.

Mas, até no Brasil não se pode dizer que é “economista” sem diploma de Economia.

Ministra, por que a senhora não pergunta aos órgãos regionais e federais de Economistas se o Serra algum dia se registrou neles ?

Não se registrou, Ministra, porque ele não tem o diploma.

É um caso típico de “falsidade ideológica”, crime previsto no Código Penal, artigo 289:

“Omitir, em documento público ou particular, declaração que dele devia constar, ou nele inserir ou fazer inserir declaração falsa ou diversa da que devia ser escrita, com o fim de prejudicar direito, criar obrigação ou alterar a verdade sobre fato juridicamente relevante.”

Ou não se aplica o Código Penal à Legislação Eleitoral ?

Ministra, a sua responsabilidade é altíssima.

Os eleitores brasileiros já se afeiçoaram ao seu estilo rigoroso e isento de aplicar a Lei.

É o que se espera do guardião da Lei.

Por que o notável candidato do “Brasil pode mais” simplesmente não diz que não tem educação superior ?

Qual é o problema ?

O Lula também não tem.

Jesus Cristo não tinha biblioteca, como observou Fernando Pessoa.

O que ele quer ?

Pretextar uma qualificação que não tem ?

Ou persistir numa falsidade ideológica, para não ser punido ao confessá-la ?

Por que o Serra pensa que “pode mais” ?

0 comentários: